Uns levaram a taça, outros o nosso coração

A França ganhou o Mundial! Os meus parabéns. Ganhou à Croácia por 4-2 e, ao fim de 90 minutos de jogo, levou o caneco para o seu país. Justa vencedora ou não, com ou sem vídeo-árbitros, com ou sem autogolos, a verdade é que foram os Le Blues que se sobrepuseram à equipa croata.

No entanto, existe uma imagem que está a dominar o Mundo. Uma imagem que corria as redes sociais, uma imagem que descrevia o que a população mundial queria, pedia e desejava: a vitória Croata. A vitória do país que, tal como Portugal, é pequenino e humilde. O país que nunca pediu muito, que poucos apoiavam e que alguns desconheciam enquanto selecção de destaque. Aquela selecção que ninguém defendia como favorita, que “perdeu contra Portugal no Europeu” e que tinha jogadores com nomes que rimavam. E, se o coração dos adeptos e do resto dos espectadores do mundo do futebol, fosse o mandatário da vitória, teria sido a Croácia a levar a taça. As lágrimas seriam de alegria, os gritos seriam de êxtase e os abraços seriam de felicitações.

E agora? O que vem a seguir? Resta-nos esperar por 2022 para um novo Mundial, umas viagens até o Catar e sem mulheres bonitas na televisão. Até porque, segundo as mais recentes noticias, o torneio será disputado no Inverno e estaremos todos muito mais tapados e agasalhados, o que não tem interesse nenhum!!