Jorge Jesus fala sobre o seu futuro como treinador e deixa garantia

Atualmente sem clube, Jorge Jesus garante que não está preocupado com o futuro. Em declarações à Sport TV à margem do Torneio da Pontinha, do qual é padrinho este ano, o treinador esclareceu a ida a Inglaterra e diz que não tem nada planeado a curto prazo.

  • “Não procuro muito. Sei o que quero na minha carreira desportiva, mas deixei sempre as coisas acontecer. Estive em Londres porque tive uma reunião de trabalho com o meu empresário, Pini Zahavi. Entretanto fui para a Arábia Saudita, que é a minha residência, cheguei hoje e daqui a dois ou três dias vou-me embora outra vez. Vou aguardar serenamente, não vou trabalhar. Tinha já definido, quando saí do Al-Hilal, ir ao Dubai ver a final da Supertaça dos Países Árabes. A minha vida vai ser assim até começar a próxima época ou até janeiro, ainda não sei”, disse Jorge Jesus.

O técnico falou ainda das eliminações europeias de FC Porto e Benfica, aos pés do Liverpool (Champions) e Eintracht Frankfurt (Liga Europa), respetivamente, considerando as ‘águias’ podiam ter feito mais diante do conjunto alemão.

“O FC Porto teve um adversário muito mais difícil do que o Benfica, não há comparação nenhuma. Não é por estar um na Champions e outro na Liga Europa. Às vezes há equipas da Liga Europa que até são mais fortes do que as da Champions”, observou.

“O quarto ou quinto classificados da Bundesliga são, na minha opinião, inferiores a Sporting, Benfica ou FC Porto. Mas, o futebol é assim, não sei o que aconteceu nos dois jogos. De certeza que todos sonhavam que podiam chegar mais longe”, sublinhou.