Bruno Domingues: “O Sporting é a minha paixão ,sou o Simba do Rei Leão”

O Sporting Clube de Portugal é a minha paixão e irei morrer Sportinguista. O Sporting para mim é uma paixão enorme sem palavras. Foi um amor à primeira vista desde de criança, que ao longo dos anos veio aumentando este verdadeiro amor verde e branco. Irei amar para toda a eternidade este clube. Já não imagino viver sem o Sporting Clube de Portugal…. É um orgulho enorme ser Sportinguista e pertencer à família verde e branca. Em 2012 comecei a ir aos jogos em Alvalade. Verdade. Nunca tinha ido aos jogos do Sporting em casa, só a partir de 2012 é que consegui, devido ter vencido passatempos e mais tarde fiz a minha estreia em dezembro de 2012 na equipa de voluntários de animação em Alvalade durante um dérbi Sporting- benfica , onde a minha primeira atividade como voluntário foi a venda de jornais na porta 4. Foi apaixona-te. Ganhei mais amor por este clube. Já sentia uma paixão antes , então quando comecei a ir aos jogos e a estar de perto com a família verde e branca foi algo incrível e fantástico.

Mais tarde em Fevereiro de 2013 tornei-me sócio deste clube do meu coração. Tudo isto na pior época de sempre da história do clube. A época do 7° Lugar, a época do fim da linha de Godinho Lopes como Presidente do clube, a época no qual para o fim/meio houve eleições e o Bruno de Carvalho tornou-se Presidente do Sporting Clube de Portugal. A época onde os mais fortes como eu iam ao estádio para apoiar a equipa , uns assobiavam , mas eu nunca assobiava, estava lá com chuva e frio apoiar o Sporting e ajudar o clube com imensa paixão e amor. Mas existe uma coisa que preocupa-me enquanto sportinguista que sou, a desunião que há entre sportinguistas. Se queremos rugir bem alto e sermos campeões no futebol terá que haver uma união verde. Todos remar para o mesmo caminho, tornar o Sporting Clube de Portugal o primeiro dos três grandes. Não contém comigo para dividir uma família, mas sim para unir-la. Sou um Leão protetor de toda a família.

Sou o “Simba do Rei Leão “ que protege toda a sua família. Revejo-me num Sporting unido cheio de garra, de um Sporting conquistador dentro e fora das quatro linhas. Só seremos campeões quando deixarmos de guerras dentro do próprio clube. Só seremos campeões quando os jogadores jogarem com paixão e uma garra e todos os jogos sentirem o apoio fundamental do 12° jogador. Há que haver um equilíbrio, todos são importantes para o clube ser campeão, jogadores, adeptos e todos os sócios. Quando todos tiverem juntos e com um pensamento em querem Glória e sucesso para o clube iremos ser campeões de certeza. A direção terá que fazer o trabalho para que foi eleita, os jogadores têm que jogar e darem o seu melhor, os adeptos têm que apoiarem a equipa. Não é a mudar de Presidente todos os anos que o clube será campeão.

É importante que o clube tenha estabilidade directiva para estar mais próximo do sucesso. Hoje e sempre serei sportinguista. Para terminar, sempre sonhei ser um dia funcionário deste clube do meu coração e assim trabalhar todos os dias com uma paixão do tamanho do mundo. Amo imenso este clube e gosto de toda a família verde e branca mas por vezes sinto triste por ver o clube dividido.