Flamengo de Jorge Jesus empata e o treinador deixa recado a ex-jogador do Benfica

O Flamengo empatou, na noite de quinta-feira, na deslocação ao terreno do Goiás (2-2), em jogo da 29.ª jornada do Brasileirão. A equipa de Jorge Jesus esteve a ganhar por dois golos de vantagem, deixou-se empatar à beira do fim e o treinador português teve de separar dois jogadores que estavam a discutir de forma bastante agressiva. Arão e Gabigol tiveram de ser separados e Jesus deixou um recado ao ex-jogador do Benfica. 

Os grandes jogadores não são só os grandes jogadores tecnicamente e taticamente, também são os que têm o equilíbrio emocional acima do normal. Esse é um aspeto que o Gabigol tem que trabalhar”, afirmou Jorge Jesus.

“Sofremos dois golos nos últimos minutos, e a equipa ficou stressada. Nesta equipa todos têm opinião, todos cobram uns aos outros. Não foi mais que isso, foi o calor do jogo, o futebol é um desporto com muitas emoções e muita adrenalina. Não há tempo para arrefecer qualquer situação emocional que os jogadores possam ter. Isso faz parte dos grandes jogadores e das grandes equipas”.

“Nitidamente perdemos dois pontos pelo facto de nos últimos 15 minutos, tudo que aconteceu no jogo, não conseguimos ter um equilibro emocional, fomos surpreendidos com as duas possibilidades de golo da equipa do Goiás. Mas são 20 jogos que a equipa não perde. Claro que sentimos que perdemos dois pontos, mas também contabilizamos um ponto. Portanto, faltando nove rondas, todos os pontos são importantes”

Recorde-se que, apesar do empate, o Flamengo continua a ser líder isolado do Brasileirão, com uma vantagem de oito pontos face ao segundo classificado.