Valores gastos em comissões a empresários pelos clubes portugueses no último ano

A FPF divulgou os valores gastos em comissões a empresários pelos clubes portugueses no último ano (final de março de 2019 até final de março de 2020).

Falando do Benfica que é quem mais paga, com 34,25 milhões, um valor que acaba por naturalmente mais alto que o FC Porto (23,71) e Sporting (15,95), uma vez que os encarnados fizerem negócios altos neste período, como foi a venda de João Félix e as compras (e venda) e Raul de Tómas, Carlos Vinícius e Weigl.

Somados, e em apenas um ano, os três grandes do futebol português pagaram um total de 73, 91 milhões de euros a empresários.

Depois do Benfica, FC Porto e Sporting, o V. Guimarães é o clube que mais paga a empresários, com 3,6 milhões, justificados com a recente venda de Edmond Tapsoba para o Leverkusen.

O Braga é o quinto clube que mais paga. Neste ano, o clube presidido por António Salvador chegou aos 3,2 milhões em comissões.

Veja aqui a lista completa:

Académica de Coimbra, SDUQ 17 000,00 €

Académico Viseu – Futebol, SDUQ 9 000,00 €

Boavista FC – Futebol, SAD 25 000,00 €

CD Aves – Futebol, SAD 115 000,00 €

CD Feirense – Futebol, SAD 107 600,00 €

CD Nacional – Futebol, SAD 5 000,00 €

CD Tondela – Futebol, SAD 160 492,99 €

Estoril Praia – Futebol, SAD 295 334,85 €

FC Famalicão 3 900,00 €

FC Paços de Ferreira, SAD 220 800,00 €

FC Porto – Futebol, SAD 23 716 742,13 €

GD Chaves – Futebol, SAD 10 250,00 €

Gil Vicente FC – Futebol, SAD 59 242,90 €

Leixões SC, SAD 11 375,00 €

Marítimo da Madeira – Futebol, SAD 97 000,00 €

Moreirense FC – Futebol, SAD 30 000,00 €

OS Belenenses – Futebol, SAD 729 050,00 €

Rio Ave FC – Futebol, SAD 317 000,00 €

Santa Clara Açores – Futebol, SAD 20 000,00 €

SC Braga – Futebol, SAD 3 293 655,00 €

SL Benfica – Futebol, SAD 34 253 175,00 €