SL Benfica tem um novo plano face à quebra de receitas

Há um antes e um depois da pandemia e nem o futebol escapa à mudança. Por isso, o Benfica já pensa na próxima temporada e são várias as coisas que irão mudar, a começar pela quebra significativa das receitas que obriga a nova planificação.

Segundo o jornal Record, Luís Filipe Vieira e a restante direção já planeia a realização de alguns cortes, a começar pelas transferências. A ideia é não fazer nenhuma contratação e quem poderá sair poderá ser substituído por um jovem da equipa B ou sub-23. Uma aposta ainda maior na formação, que será também aplicada às modalidades.

Também a redução nos orçamentos para cada equipa e modalidade – alguns cortes podem chegar aos 50% – tal como a redução nos contratos dos atletas. Aqui, o Benfica ainda estuda a hipótese de negociar coletiva ou individualmente. O objetivo é cumprir todos os contratos em vigor e, apesar dos cortes, a extensão dos vínculos pode ser uma realidade nalguns casos.

Já as quotas dos sócios também poderão ser reduzidas, mais concretamente a das modalidades. A verba irá reduzir bastante, isto porque muitos dos associados irão deixar de ter poder de compra como até aqui.